Professor Ricardo Torres

Meu nome é Ricardo Torres de Oliveira, desde os tempos de graduação em Educação Física pela saudosa universidade Gama Filho e especialização em treinamento Desportivo com o grande Mestre Manuel Gomes Tubino, cursos, etc., me interessei muito pelo Treinamento Desportivo e a Fisiologia do exercício.

Para "balizar" meus trabalhos ficando bem longe de um"possível" empirismo me "aliei" a equação de Karvonen para saber as zonas adequadas  para trabalhar com os meus atletas e com isso fiz muitos campeões carioca e brasileiro em várias modalidades desportivas como: Atletismo, Natação e Ciclismo. Na natação juvenil, fiz campeões estaduais (R J) e brasileiro, inclusive um deles chegou a olimpíada de Atlanta, Fernando de Oliveira Saez (Rio de Janeiro, 2 de outubro de 1974), que participou dessa edição dos Jogos Olímpicos pelo Brasil ficando entre os 10 melhores do mundo e mais dezenas de competições como mundial e várias outras nos EUA e Europa. Nessa fase como ele lógicamente precisava de uma estrutura bem maior, foi então encaminhado ao Clube de Regatas Flamengo ao amigo  treinador da seleção brasileira de natação o saudoso Daltely Guimarães.

 

Formação

Prof. Ricardo Torres de Oliveira

Formação - Universidade Gama Filho ano 1982

(A saudosa Meca do Treinamento desportivo). 

Especialização em treinamento Desportivo UGF com Manuel Gomes Tubino.

Conquistas pessoais

O ciclismo sempre foi minha escolha como esporte pessoal, atuei 40 anos como ciclista em várias equipes, começando no Cicle Esporte Guadalupe que tinha áfrente o português amante do ciclismo o saudoso Sr° Ferreira, era uma equipe modesta, porém com grandes nomes como Ferreirinha, Carioquinha e Elvio, tínhamos títulos importantes como campeão na Volta do Uruguai e ótima colocação no Pan Americano, etc..., brigávamos de igual para igual com equipes poderosas como Caloi e Pirelii, Capemi, Light e até o CR Vasco da Gama e outras equipes de grande nomes.

CE GUADALUPE

Sempre trabalhei nas equipes como Domestique. O que significa? Em uma equipe de ciclismo , cada um tem a sua função: Escalador - Sprinter - Capitão da equipe - O ciclista protegido - Domestique, que é o ciclista encarregado de atender a "logística" da equipe, auxiliando todos os colegas da equipe e pricipalmente o ciclista escolhido para líder, seja protegendo-o do vento e de outros ciclistas e outras funções como  buscar água no carro de apoio para toda equipe e se necessário em caso de danos na bicicleta de um possível vencedor do dia, ceder a minha própria bicicleta para que ele continue a prova.

Minhas vitórias pessoais, não foram tantas como a de um chegador, pois nossa função era fazer todo o possível para levá-lo até perto da linha de chegada, onde ele fazia com toda destreza o sprint final.

Eu era também escalador e só tinha permissão para atacar, fazer fuga nas provas de estradas com montanhas, onde consegui minhas vitórias e melhores colocações.

2º Colocado no Short Triatlo de Icaraí

Títulos conquistados como professor

prova em São Francisco de Itabapoana - Contra Relógio - Pódio Completo.2021

Prova na Barra da Tijuca - Ilha Pura - 2021

Como técnico de ciclismo fui três vezes consecutivas  campeão carioca na década de 80, comandando a equipe que levava o nome do saudoso Bangu A.C, porém quem financiava tudo era um empresário português amante do ciclismo chamado Avelino. A Equipe chamava-se Bangu/Docinho Empresa de ônibus de Turismo.

No ciclismo individual tive atletas campeões Estadual como José Ronaldo (Parazão), Márcio Carreiro no Master e Maurício o Parazinho que também começou o ciclismo comigo.

Atualmente (2021), treino vários cilistas (online) em vários estados do Nordeste e posso afirmar que o uso da tecnologia no treinamento a distância tem proporcionado resultados surpreendentes, dominamos a volta de Curimataú, uma corrida de alto nível na CBC (categoria 3) com Pedro Paulo Peu em Primeiro e Ubitatan Miquéias em 3° e 1º na categoria Júnior.

nesse período em que estou na equipe UCRJ, graças a D'us são centenas de Pódios em vários estados do Brasil.

  • Recebimento do mérito aquático João Havelange dividindo o mérito com meu parceiro, o professor Mário Grigorowisk, (Hoje grande músico da Banda Celebrare) como técnicos de natação destaque do ano de 1985.

  • Equipe Campeã do Torneio Incentivo de natação – 1984

  • Atleta campeão Estadual nos 100 metros nado livre (Infantil masculino) 1985

  • Atleta campeão Estadual nos 100 metros nado Borboleta (Infantil masculino) 1985

  • Atleta campeão Estadual nos 200 metros nado Medley (Infantil masculino) 1985

  • Equipe de revezamento campeã Estadual nos 4x100 metros livre (infantil masculino) 1985

  • Equipe de revezamento Vice-campeã Estadual nos 4x100 metros quatro estilos  (infantil masculino) 1985

  • Atleta quarta colocada nos 100 metros nado de peito feminino campeonato brasileiro de inverno 1985

  • Atleta campeão e recordista brasileiro nos 100 metros nado livre (Infantil A) Campeonato brasileiro de inverno – 1985 – Rio de Janeiro

  • Atleta campeão brasileiro nos 100 metros nado borboleta  (Infantil A) Campeonato brasileiro de inverno – 1985 – Rio de Janeiro

  • Atleta vice-campeão  100 metros nado livre (Infantil A) Troféu Maurício Becken Goiânia 1985

  • Atleta vice-campeão  100 metros nado borboleta (Infantil A) Troféu Maurício Becken Goiânia 1985

  • Técnico de ciclismo da equipe bicampeã estadual do Rio de Janeiro – 1986 -1987- 1988

  • Treinador de ciclismo do Atleta (in memoriam) Márcio Carreira — Campeão Estadual de Máster

  • Treinador da Equipe de Ciclismo UCRJ, desde 2016.

  • Atleta Ronaldo Silva (Parazão) Campeão Estadual de 2017

  • Atletas campeões e pódio em inúmeras provas Ranqueadas pela CBC, como Curimataú na Paraíba (2021) …Sem deixar de citar campeões com Fabieli Motta, Mariam Araújo, Campeã brasileira, e grandes revelações como Aline Araújo e muitos outros que sem dúvida, podem ser pódio em qualquer prova no Ranking da CBC.